#TAG – Perguntas que somente você poderá responder

POMELO_20150217134852_saveUma foto minha, parecendo reflexiva, haha.

Fui convidada pela Nathuanny do blog Ei Negrinha para responder algumas perguntas do livro Como Viver Acima da Mediocridade, cujo autor é Charles R. Swindoll. Ainda não li o livro, mas não há necessidade de ler para poder responder. Confesso que fiquei curiosíssima para lê-lo, perguntas intrigantes.

Então, vamos às perguntas…

1) Visto que a vida é tão breve, quais são as coisas que você precisa tratar, de modo que consiga alçar voo elevado, durante os anos que lhe restam? Seja específico.

R. Devo tratar dos meus medos, expulsá-los de vez da minha vida, para que eu consiga alçar voos. Todos temos algum tipo de medo na vida, mas, infelizmente, muitos dos meus me bloqueiam, dificultando assim, o meu crescimento pessoal e profissional. Vencer a insegurança, seria um ótimo começo.

2) Como vencer a paralisia, dada à pressão da sociedade?

R. Sair da zona de conforto, da minha área de comodismo. Expor minhas opiniões e convicções sem medo de represálias. Viver, independente da opinião dos outros, viver.

3) De acordo com o relato de Lucas 14, onde é que você se encontra? Entre os poucos seguidores íntimos, ou entre os muitos espectadores? Por quê?

R. Entre os poucos seguidores íntimos. Sei que posso fazer muito mais para Cristo, mas, ainda assim, prefiro acreditar que ainda seja íntima dEle. Eu O sigo, é o Senhor e Salvador da minha vida e dEle não abro mão. A cruz é pesada, eu sei, mas estou disposta a carregá-la. Vai valer a pena!

4) Você mantem algum relacionamento pessoal que prejudica seu compromisso de honrar a Cristo com uma vida de excelência?

R. Não. O que me prejudica no meu compromisso com Cristo, é o meu próprio “eu”. É uma guerra constante contra os meus próprios entendimentos, filosofias e desejos carnais.

5) O que você tem a dizer sobre seus objetivos e desejos, eles exaltam uma vida de autonegação ou são justamente muitas vezes a razão de sua queda?

R. Graças a Deus, nunca cheguei a realmente cair, quando percebo que estou cambaleando, uso as minhas últimas forças para me agarrar nas mãos do Senhor (não é uma tarefa fácil). Mas, sem dúvidas, muitos dos meus desejos e objetivos me afastam de Deus. Mesmo sem querer, acabamos colocando outras prioridades na frente dAquele que deveria ser PRIORIDADE. Por outro lado, há muitas coisas que nego sim por amor ao Pai.

6) Você prendeu seu materialismo em suas tenazes (ou seja, é agarrado ao materialismo)?

R. Não, até que não. Nunca almejei muita riqueza. É claro que gostaria de ter uma vida financeiramente mais tranquila. Mas não necessito disso para ser feliz. A felicidade está nas coisas simples.

7) Seu compromisso de honrar a Cristo é sólido o suficiente para resistir a toda e qualquer situação? Caso não, o que o retém de ser um seguidor verdadeiro de Cristo?

R. Acredito que é sólido sim. Muitas vezes, me encontro desanimada com algo que eu esperava que acontecesse e não aconteceu (fico meio chateada com Deus, entende? É um absurdo, sei, mas estou sendo sincera). Porém, basta um momento de reflexão, que entendo que Ele sempre irá querer o melhor pra mim e eu preciso aprender a confiar nos planos DEle. E, independente de qualquer situação, eu não abriria mãos de minha fé (assim quero crer, rss). Mas, para isso, preciso de uma vida constante em oração e direção do Espírito Santo, sozinha não consigo.

“Mastigue cada uma delas, ponderando suas respostas antes de partir para pergunta seguinte. Não há melhor época do que O AGORA para você se decidir quanto a essas questões.”
(Jaqueline Bastos)

Indico para também responder:

Vogue Addiction e Reflexões e Angústias.

Obrigada mais uma vez a Nath e também a Jaqueline Bastos por ter nos proporcionado momentos de reflexões. Beijos!

Anúncios

6 comentários sobre “#TAG – Perguntas que somente você poderá responder

  1. Que foto bonita!!
    Adorei essa resposta “Não. O que me prejudica no meu compromisso com Cristo, é o meu próprio “eu”. É uma guerra constante contra os meus próprios entendimentos, filosofias e desejos carnais.”
    Disse tudo, nosso pior inimigo somos nós mesmos,e por consequência o inimigo mais difícil de se combater. Adorei as respostas, e como disse em outros posts a insegurança também me trava, mais vamos seguindo e Deus vai trabalhando.
    Beijokas ♥

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s