Os Bridgertons 2| O Visconde Que Me Amava

DSC02330

E aí, galera. Beleza? Já terminei de ler o 2º livro da série Os Bridgertons, da autora Julia Quinn, “O Visconde Que Me Amava”. É tão bom quanto o primeiro, “O Duque e Eu” ❤

Sinopse: 

A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração. Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

Neste, conheceremos a história do filho mais velho da família Bridgertons, Anthony.

Desde a morte de seu amado pai, aos 38 anos, Anthony também achara que morreria cedo. Então, decidira se casar, para deixar herdeiros. Os seus anos se esgotavam. Tinha a convicção de que não poderia casar por amor, assim seria menos doloroso o momento de sua partida. Medo de morrer ele não tinha, mas do amor, sim. Porém, tudo mudou quando ele conheceu a srta. Katherine Sheffield (Kate).

O mais, vou deixar para vocês lerem, se eu contar muita coisa, ficará sem graça. Ainda posso dizer é que mais uma história envolvente, que nos prende do início ao fim. Assim como no O Duque e Eu, contamos com as previsões e fofocas de Lady Whistledown no início de cada capítulo, tornando-os ainda mais divertidos. E também existe o erotismo, talvez isso seja uma das característica de toda a série. Mas aos puritanos (como eu, haha), não se assustem, não é nada escandaloso, sua mente não será corrompida, rss. Me identifiquei com a fobia que Kate tem com tempestades, a minha não é tão grave e nem é por motivos tão fortes quanto os dela, mas também tenho muito medo.

Enfim, vale a pena a leitura. Recomendo! Agora já estou no 3º “Um Perfeito Cavalheiro” (é um vício, haha).

Beijos :*

Anúncios

2 comentários sobre “Os Bridgertons 2| O Visconde Que Me Amava

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s